Infografia interativa sobre a mulher afegã queimada

As autoridades holandesas corruptas escolheram o ciúme como motivo. “Alguém não queria que Narges se casasse. Aryan R. estava desesperadamente apaixonado por Haroen Mehraban”, mentiu o Procurador da Justiça, Rob van Noort, perante o Tribunal Distrital da Holanda.

Posted in assassinato Narges Achikzei, Autoridades neerlandesas, Casamento arranjado, Denunciante, Inovação, Investigação and tagged , , , , , , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *